Bloco de Notas da Semana "A internet tá funcionando?" — Gama Revista
A internet tá funcionando?

5

Bloco de notas

Bloco de notas

A vida real e a digital parecem ter virado uma coisa só. Uma seleção de arte, moda e tecnologia provam que elas nunca seguiram tão juntas

5

Bloco de notas

Bloco de notas

A vida real e a digital parecem ter virado uma coisa só. Uma seleção de arte, moda e tecnologia provam que elas nunca seguiram tão juntas

Manuela Stelzer 23 de Agosto de 2020
  • Imagem da listagem de bloco de notas
    © Alun Be

    O artista senegalense ALUN BE faz questão de frizar que o continente africano é moderno e criativo – mesmo que nem todos reconheçam. Parte de uma nova geração de fotógrafos autodidatas da África Ocidental, seu trabalho demonstra como seu povo é ALTAMENTE DIGITAL.

  • Já se perguntou o que tanta exposição às telas tem feito com o seu rosto? Não são apenas os olhos que demonstraram sinais de cansaço – A PELE TAMBÉM. Em matéria do New York e da Vogue Brasil, especialistas compartilham quais os riscos da luz azul dos monitores digitais para a epiderme, e a melhor forma de se proteger.

  • Imagem da listagem de bloco de notas
    © Miranda July

    Quantas capturas de tela existem no seu rolo de câmera? No da artista MIRANDA JULY são muitas. E elas foram transformadas em colagens por seu amigo fotógrafo Charlie Engman. Em reportagem publicada na revista Limbo, idealizada para apoiar artistas desempregados pela crise do coronavírus, Miranda traz reflexões sobre a influência da vida digital na arte e na formação de memórias.

  • O INTERNETLAB vai te fazer pensar duas vezes antes de ceder seus dados na hora de um cadastro. O coletivo é independente promove o debate e a produção de conhecimento nas áreas de direito e tecnologia. Muito do seu propósito está no incentivo à elaboração e implementação de políticas públicas em novas tecnologias, seja na questão da privacidade, proteção de dados ou da liberdade de expressão.

  • Imagem da listagem de bloco de notas
    © Fortnite Metaverse

    METAVERSE é um ambiente virtual criado pelo jogo FORTNITE, que funciona como uma segunda vida. Virou queridinho não só dos gamers, mas também dos CEOs do Vale do Silício. Até o rapper Travis Scott aderiu e realizou uma turnê digital, com direito a lançamento de roupas e itens exclusivos do universo digital.

  • As marcas de moda já vinham investindo em COLEÇÕES 100% DIGITAIS. Agora, em tempos de pandemia, essas transformações aconteceram mais rapidamente. A TRIBUTE BRAND, especialista em moda cibernética, é um exemplo dessa revolução: lançou uma linha sem gênero, sem tamanho e sem envio. Sem nunca se materializar de fato, a coleção Contactless Fashion é feita apenas para o digital. É mandar uma foto em alta resolução que eles “vestem” a roupa no cliente.

  • Imagem da listagem de bloco de notas
    © Mat Maitland

    As colagens digitais do artista inglês MAT MAITLAND misturam pop, surrealismo e traços de Andy Warhol – tudo na medida certa. Tanto que Armani, Chanel e Louis Vuitton encomendaram campanhas publicitárias pensadas pelo artista. E dele também alguns clipes e capas de disco de Michael Jackson, Prince e Lana Del Rey.

  • “Queria me ver livre daquilo. Eu queria ficar psicologicamente desconectado. […] Sentir-me à vontade com meus próprios erros, sabendo que todo ser humano vale mais do que eles”

    Em seu livro “OBSERVAÇÕES SOBRE UM PLANETA NERVOSO” (Intrínseca, 2020), o britânico Matt Haig fala sobre ansiedade em um mundo hiperconectado em que o medo do cancelamento impera.

  • Imagem da listagem de bloco de notas
    © Artificiel

    O estúdio chileno de arte digital ARTIFICIEL é organizado em torno de um laboratório de fabricação de instrumentos de corda digitais. Dedicado à pesquisa e ao desenvolvimento desses instrumentos para artistas independentes, o grupo acredita no poder do digital para revolucionar a linguagem artística e a experiência estética.

  • As telas podem nos deixar mais tristes, é o que diz ADAM ALTER, que dedicou cinco anos de estudo ao vício pelo universo digital. Em seu TEDTalk, explica por que tantas horas na frente do telefone ou celular podem te causar tristeza, e o que dá para fazer a respeito disso. Um detox digital às vezes cai bem.