Conteúdos sobre história na Gama Revista

história

Imagem de destaque do post
Ouvir

O legado do Maestro do Canão em "Sabotage 50"

O projeto que reúne homenagens aos 50 anos do rapper, idealizado por seus filhos Tamires Rocha e Wanderson “Sabotinha” do Santos, chega ao ápice com o lançamento do álbum "Sabotage 50", disponibilizado nas plataformas de áudio em 3/4, data de seu aniversário. O disco reúne nomes da nova geração do rap nacional, como Don L, N.I.N.A, Djonga, Bivolt e BK, para releituras de canções clássicas como “O Rap É Compromisso” e “Mun Rá”. (Vitor Romenior)
Imagem de destaque do post
Assistir

A visão de Heloisa Starling sobre o golpe de 1964 no “Roda Viva”

"A vitória da democracia foi por um triz", diz a historiadora Heloisa Starling, convidada da semana do "Roda Viva" (TV Cultura), em resposta à pergunta de uma das entrevistadoras, a diretora-geral da Gama, Paula Miraglia, sobre o estado atual da democracia brasileira. No programa, que marcou os 60 anos do início da ditadura militar, Starling analisa o golpe de 1964, fala sobre as Forças Armadas e reflete sobre o Brasil nos últimos anos. (Ana Elisa Faria)
Imagem de destaque do post
Ouvir

O podcast “A Ditadura Recontada” da CBN

A partir de mais de 200 horas de áudios históricos do jornalista Elio Gaspari, a rádio lança a série documental em podcast que reconta pontos fundamentais da ditadura militar brasileira, do golpe em 1964 ao AI-5, da tortura à redemocratização. Entre os pontos altos, a gravação em que o então ditador Ernesto Geisel (1907-1996) afirma que os presos da luta armada eram mortos depois de capturados: "Esse troço de matar é uma barbaridade, mas acho que tem que ser". (Isabelle Moreira Lima)
Imagem de destaque do post
Ler

Clarice Lispector pelo olhar de outros autores

Clarice Lispector é uma autora que sempre cativou, seja por seu legado literário ou pela personalidade única. Em “Clarice na Memória de Outros” (Autêntica, 2024), Nádia Battella Gotlib, uma das maiores especialistas na escritora, faz um mosaico de recordações de Clarice. Com textos de nomes como Chico Buarque, Lygia Fagundes Telles e Nélida Piñon, o livro cria uma rica colagem de recordações sobre essa mulher multifacetada. (Leonardo Neiva)