Fazer — Gama Revista

Achamos que vale

O que há de bom por aí, nas artes e na vida
    25 de Fevereiro de 2021
  • Fazer |
    Arte de rua paulistana

    Com obras espalhadas por cinco regiões de São Paulo, o Museu de Arte de Rua promove o projeto MAR360º, um passeio com imersão virtual por 110 km. São obras de diversos artistas presentes em prédios e muros por toda a metrópole. Para visualizar, é só acessar o site e escolher no mapa a região que deseja visitar. Há ainda a possibilidade fazer download de um tour virtual completo. (Dandara Franco)

    18 de Fevereiro de 2021
  • Fazer |
    ‘Ninguém consegue criar sem limites’

    Diz o educador e palestrante Charles Watson. Em nova turma do workshop semestral “O Processo Criativo - Assoviando e Chupando Cana”, que começa no dia 8 de março, Watson tece conexões improváveis entre assuntos diversos, de arte contemporânea a neurociência. E relembra: a criatividade não é uma qualidade livre e autônoma, é preciso internalizar as regras do jogo para jogá-lo de fato. No dia 3/3, uma palestra gratuita inaugura a turma. (Manuela Stelzer)

    11 de Fevereiro de 2021
  • Fazer |
    Aulas de arte no MoMA

    Se você é vidrado em arte, ter aulas no MoMA, o Museu de Arte Moderna de Nova York, já não é mais um sonho distante. A instituição abriu no site Coursera uma série de cursos online gratuitos em diversas áreas, da moda à arte contemporânea. São oito sessões com diferentes professores e legendas em português. Para quem faz questão de receber um certificado ao final, é preciso desembolsar um total de US$ 30 (cerca de R$ 160). (Leonardo Neiva)

    21 de Janeiro de 2021
  • Fazer |
    Xarope de vinho para dar um up no drique

    Se você tem uma sobra na garrafa que é boa demais para virar marinada, ela pode ganhar outro destino: ir a uma panela com a mesma quantidade de açúcar em fogo baixo até que adquira a consistência de xarope. Ele pode ser usado para incrementar drinques clássicos ou liderar criações próprias. A dica é do site Punch, que indica bebidas frescas e sem passagem por madeira. Vale tudo: branco, tinto, rosé, laranja e até Jerez. (Isabelle Moreira Lima)

    31 de Dezembro de 2020
  • Fazer |
    Cachorro para baixo, cachorro para cima

    Com o app Down Dog, não vai haver desculpa: você vai se mexer, se alongar, se aquecer e, por fim, relaxar. Com ele é possível customizar totalmente a prática de Yoga: escolher nível de dificuldade, trilha sonora, estilo de exercício, nível de impacto, velocidade e objetivo — força ou flexibilidade, por exemplo —, além da duração, que vai de parcos quatro minutos a uma maratona de 90. A variedade é tão grande que dá a sensação de ter um personal especializado em Yoga ao seu lado. O aplicativo tem também uma espécie de calendário em que fica registrado o seu histórico e por onde é possível ver a evolução da prática, o que pode dar um incentivo a mais aos que têm dificuldade de manter a rotina. Há ainda as versões do aplicativo para outros tipos de exercício, como Hiit e Barre.

  • Fazer |
    Um pão de queijo desses, bicho

    Léo Paixão já esteve por aqui. E volta agora com uma receita melhor ainda. Talvez a melhor de pão de queijo que circula. Primeiro porque é facílima, leva apenas três ingredientes (queijo meia cura, polvilho azedo, e creme de leite -- esse último é o pulo do gato). Segundo porque o preparo é tão simples quanto o de enrolar brigadeiro. Segundo porque o resultado é um mix de textura e saber perfeito: ele é crocante, untuoso e linguentinho ao mesmo tempo, e o sabor delicado e gordinho na medida certa. Perfeito para o café da manhã ou da tarde do fim de semana.

    24 de Dezembro de 2020
  • Fazer |
    O melhor cookie do mundo

    Esqueça a saudade dos cookies que você pedia no seu café preferido antes da pandemia. Esta receita do premiado site americano Food52 é imbatível: fácil, barata, gostosa e pode ser feita no conforto e na segurança de casa. Os biscoitos ficam gordinhos e crocantes ao mesmo tempo, e dá para variar o sabor das gotas de chocolate — ao leite, amargo, branco… vai do gosto do cozinheiro. Só é preciso prestar bastante atenção aos detalhes do passo a passo que fazem a receita dar certo, como a temperatura da manteiga (tem que ser gelada!) e o tamanho das bolinhas que vão para o forno.

    17 de Dezembro de 2020
  • Fazer |
    A granola caseira que pode virar presente de Natal

    Se você, como eu, vive em busca da granola perfeita, saiba que ela pode sair das suas mãos. Seguindo a receita de Bela Gil, é possível ter uma versão rica e saborosa. Minha dica é usar aveia e acrescentar mais castanhas do que ela recomenda: de caju, amêndoa em lasca, macadâmia, o que encontrar. Pode ser um presente de Natal doce e artesanal. (Isabelle Moreira Lima)

    26 de Novembro de 2020
  • Fazer |
    Jogue xadrez com a rainha

    Se você é uma das 62 milhões de pessoas que maratonou “O Gambito da Rainha”, é bem provável que tenha sido despertado para uma vontade de jogar xadrez. A popularidade da produção foi tamanha que tabuleiros se esgotaram nos EUA e surgiram diversos novos cursos online. Um deles, tem a própria Beth Harmon como professora. O site Chess.com criou robôs que simulam o estilo de jogo e a habilidade de Beth em diversas fases de sua vida. É possível jogar contra a Beth de oito anos, quando ela ainda está aprendendo o básico do jogo, ou desafiar a Beth de 22 anos, que detém o título de campeã mundial do esporte. Ao todo, são sete versões de Beth, cada uma com um nível de desafio diferente para testar sua habilidade contra a maior jogadora de xadrez da ficção. (Daniel Vila Nova)

    22 de Outubro de 2020
  • Fazer |
    Uma massa com o sabor do Oriente

    Um bom macarrão tem seu valor. Talvez seja a coisa mais simples que se pode fazer na cozinha para matar a fome sem ter trabalho, mas não é por isso que deve ser menosprezado. Se você é adepto da massa, mas está cansado de sugos e bolognesas, aqui vai uma boa ideia saída da coluna Prato do Dia, da jornalista Patrícia Ferraz, no Paladar: uma adaptação do tagliatelle com manteiga de especiarias que o gênio Yotam Ottolenghi publicou em seu livro “Plenty”. Com manteiga, cebolas e muitos temperos secos com o gosto misterioso do Oriente, a alegria vai à mesa em poucos minutos. Para finalizar, pinoles (que se você não tiver à mão, pode ser substituído amêndoas em fatias) e hortelã fresca. De quebra, você ainda encontra sugestões de harmonização para quem gosta de vinho (um Sauvignon Blanc bem aromático cai bem) ou cerveja (American Pale Ale). (Isabelle Moreira Lima)

    08 de Outubro de 2020
  • Fazer |
    Heranças do modernismo brasileiro

    Quase às vésperas de completar um século, a Semana de Arte Moderna de 1922 não se esgota — afinal, o evento que reuniu Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral e outros no Teatro Municipal da capital paulista lançou o movimento decisivo para praticamente tudo o que veio depois na cultura brasileira. É justamente para falar sobre esse legado que o Sesc São Paulo, em parceria com a USP, reuniu uma turma de superespecialistas no curso online "Releituras do Modernismo": dividido em seis módulos, cada um destrincha a influência modernista em uma área: literatura, arquitetura, cinema, artes visuais, canção popular e teatro. Comandado por grandes professores como José Miguel e Guilherme Wisnik, Flora Sussekind, Veronica Stigger e Augusto Massi, o curso é uma bela oportunidade de aprender sobre o movimento com experts no tema. As aulas acontecem entre os dias 19 e 24 de outubro, e as inscrições já estão abertas no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.

    03 de Setembro de 2020
  • Fazer |
    Uma receita inteligente e sem desperdício

    Diga adeus ao descarte dos talos de vegetais como couve, brócolis e beterraba. Essa parte das plantas que geralmente não comemos — mas que é nutritiva e saborosa — vira protagonista na receita de arroz de talos da chef Paola Carosella. Usando a técnica do risotto (leia-se: colocar um caldo bem quente aos pouquinhos, mexer bastante até quase secar, repetir), ela transforma o arroz branco do dia a dia em um prato leve, colorido e cremoso com os galhinhos que sobram das verduras. É mais barato e mais rápido que o preparo clássico com arroz arbóreo e, de quebra, você aprende uma forma de cozinhar superadaptável a outros ingredientes.

    02 de Julho de 2020
  • Fazer |
    Uma receita com segredo de chef…

    E ridiculamente fácil para os amadores. Para fazer este bolo de laranja do cozinheiro Leonardo Paixão, basta bater todos os ingredientes no liquidificador, colocar no forno e esperar enquanto a casa é tomada por aquele cheirinho cítrico — mas atenção à dica preciosa do chef mineiro: a fruta, que vai com casca e tudo, tem que ser laranja-baía. Dá para usar outro tipo? Até dá, mas não fica igual. Por ter a casca mais grossa e ser mais aromática, a laranja-baía deixa o bolo mais cremoso e saboroso, cheio de pedacinhos no meio da massa.