Maitê Proença -- Questionário Proust — Gama Revista

Com mais de 40 anos de carreira, a atriz e escritora está afastada da televisão e do cinema nos últimos anos, mas não dos palcos. Durante a pandemia, roteirizou e encenou o monólogo autobiográfico “O Pior de Mim”, em que revisita a própria trajetória

  • 1

    Qual é sua ideia de felicidade perfeita?

    Acordar cantando com os passarinhos pela alegria de se estar vivo. Não precisar da aprovação de ninguém, mas pra valer. Mesmo amando as pessoas, não depender delas ou de um vestido novo ou um objeto qualquer, nem de prêmios e aplausos.

  • 2

    Qual é o seu maior medo?

    Tenho vertigem de altura e não passo muito bem dentro de um tubo de tomografia.

  • 3

    Que característica mais detesta em você?

    A impaciência.

  • 4

    Que característica mais detesta nos outros?

    O egocentrismo. O consumismo também me parece muito cafona para as voltas que o mundo deu.

  • 5

    Que pessoa viva você mais admira?

    Posso falar três? Nesse momento a Greta, a Malala e minha neta Manuela, de 1 ano.

  • 6

    Qual é a sua maior extravagância?

    Não fazer nada. Estou praticando. No início da pandemia me entupi de atividades, agora estou exercitando o silencio profundo.

  • 7

    Qual é o seu estado mental atual?

    Considero uma obrigação de quem tem privilégios buscar a alegria apesar das circunstâncias. Ela é contagiosa, contamina as pessoas, e o mundo está precisando. Estou nessa busca.

  • 8

    Que virtude considera superestimada?

    O politicamente correto é enjoativo. E a sexualidade exibida. Acho mais bonita quando se mantém nas comportas íntimas

  • 9

    Em que ocasião você mente?

    O dia inteiro, um pouquinho, como toda gente precisa fazer pelo bom convívio social, para não machucar... Mas sou aquariana e aprendi na infância: nunca pra tirar vantagem. Deve-se aguentar o tranco com coragem.

  • 10

    O que menos gosta sobre sua aparência?

    Se eu fosse o escultor colocaria mais 6 cm nas pernas.

  • 11

    Que pessoa viva você mais despreza?

    Fala sério. Vivendo no Brasil de hoje, essa é barbada, prefiro não sujar essa página com o nome da criatura.

  • 12

    Que qualidade mais admira em um homem?

    A coragem. E o olhar voltado pro entorno.

  • 13

    Que qualidade mais admira em uma mulher?

    A coragem. E o olhar voltado pro entorno.

  • 14

    De que palavras ou frases você abusa?

    Eu acho que...

  • 15

    O que ou quem é o maior amor da sua vida?

    Minha filha Maria.

  • 16

    Quando e onde você foi mais feliz na vida?

    Quando viajava o mundo sem lenço e sem documento.

  • 17

    Que talento você mais gostaria de ter?

    Gostaria de ser cantora. De ópera, ou de rock e até mesmo crooner de bar já dava pro gasto.

  • 18

    Se você pudesse mudar uma coisa sobre você, o que seria?

    Sou muito lenta pra aprender as coisas. Só hoje vejo o que poderia ter percebido - e melhorado - aos 25 anos.

  • 19

    O que considera sua maior conquista?

    Ter sobrevivido à história que me deram sem ficar amarga.

  • 20

    Se você morresse e voltasse como uma coisa ou uma pessoa, o que você gostaria de ser?

    Uma águia do Himalaia.

  • 21

    Onde você mais gostaria de morar?

    No mar, em movimento, parando um dia em cada porto.

  • 22

    Qual é o seu pertence mais estimado?

    Minha casa.

  • 23

    O que você considera o nível mais baixo da desgraça?

    A miséria porque animaliza. É o efeito perverso da ganância e da má distribuição evitável. E pra quem tem um teto, comida e saúde, o amargor.

  • 24

    Qual sua ocupação favorita?

    Nadar no mar e caminhar na natureza intocada.

  • 25

    Qual sua característica mais marcante?

    Sou uma buscadora. Busco no fundo e no amplo.

  • 26

    O que você mais valoriza em seus amigos?

    A inteligência. Ela vem acompanhada de muitos derivados.

  • 27

    Quais os seus escritores favoritos?

    Isabel Allende. Miguel Sousa Tavares. Yuval Hariri. Alan Pauls. Alessandro Baricco. Virginia Woolf. Peter Hoeg. Jorge Amado...

  • 28

    Quem é seu herói na ficção?

    Moby Dick, a baleia

  • 29

    Com qual figura histórica você mais se identifica?

    Não me identifico propriamente, mas admiro até os píncaros Nelson Mandela, que tive o prazer de conhecer numa viagem a Moçambique.

  • 30

    Quem são seus heróis na vida real?

    Gente que persiste. Acho a constância, a clareza e o foco no objetivo, a não desistência na adversidade, admiráveis. Pessoas que têm isso me fazem vibrar.

  • 31

    Quais são seus nomes favoritos?

    Elisa, Pedro, Joaquim, Nina, Manuela, varia… Agora estou vendo uma série israelense, os nomes são maravilhosos, Ruchami, por exemplo.

  • 32

    O que você mais detesta?

    Burrice e preconceito costumam caminhar juntos. Também tenho problemas com cheiros artificias, aromatizante de ambiente no Uber, por exemplo. Celular com áudio aberto. E volume de música que desrespeita o ouvido alheio.

  • 33

    Qual seu grande arrependimento?

    A lista é longa e estou correndo atrás.

  • 34

    Como gostaria de morrer?

    Cantando.

  • 35

    Qual é o seu lema?

    Vai dar certo.