Cao Hamburger responde -- Questionário Proust — Gama Revista
Questionário Proust

Cao Hamburger

Cineasta

Betina Neves 03 de Julho de 2021

O premiado diretor, produtor e roteirista, marcou a TV brasileira com “Castelo Rá-Tim-Bum” (1994-97) e dirigiu longas como “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” (2006) e “Xingu” (2011). Também escreveu a temporada “Malhação – Viva a diferença” (2017-18), ganhadora do Emmy, e a série spin-off “As Five” (2020), que confirmou a terceira temporada no Globoplay

  • 1

    Qual é sua ideia de felicidade perfeita?

    Caminhadas em trilhas, seja nas montanhas ou no litoral.

  • 2

    Qual é o seu maior medo?

    Governos autoritários, destroem países e comprometem gerações.

  • 3

    Que característica mais detesta em você?

    Excesso de autocrítica.

  • 4

    Que característica mais detesta nos outros?

    Se meter na vida dos outros.

  • 5

    Que pessoa viva você mais admira?

    Marina Silva, pela história de vida e o pioneirismo na defesa do meio ambiente com viés social e de governança. ESG na veia, verdadeiro Environmental, Social and Governance. Não a hipocrisia dos bancos da Av. Faria Lima, que propagandeiam seus fundos ESG ao mesmo tempo que apoiam o governo que mais destrói o E, se lixa para o S e é zero em G.

  • 6

    Qual é a sua maior extravagância?

    Ter um carro grande.

  • 7

    Qual é o seu estado mental atual?

    Satisfatório, pelas circunstâncias.

  • 8

    Que virtude considera superestimada?

    Todas, exceto solidariedade.

  • 9

    Em que ocasião você mente?

    Não minto, ficciono.

  • 10

    O que menos gosta sobre sua aparência?

    Procuro não pensar muito a respeito.

  • 11

    Que pessoa viva você mais despreza?

    As que, por interesses financeiros, apoiam o atual governo mesmo sabendo o quão prejudicial está sendo para o país, para a maioria da população e para o planeta.

  • 12

    Que qualidade mais admira em um homem?

    Sensibilidade.

  • 13

    Que qualidade mais admira em uma mulher?

    Sensibilidade.

  • 14

    De que palavras ou frases você abusa?

    Primeiro ato, segundo ato, terceiro ato. A estrutura clássica da dramaturgia.

  • 15

    O que ou quem é o maior amor da sua vida?

    Minha esposa e meus filhos.

  • 16

    Quando e onde você foi mais feliz na vida?

    No nascimento dos meus filhos.

  • 17

    Que talento você mais gostaria de ter?

    Surfar e tocar piano.

  • 18

    Se você pudesse mudar uma coisa sobre você, o que seria?

    Seriam algumas, mas não desisto, tento mudar sempre.

  • 19

    O que considera sua maior conquista?

    Fazer bons filmes e bons programas de TV, um trabalho difícil e complexo.

  • 20

    Se você morresse e voltasse como uma coisa ou uma pessoa, o que você gostaria de ser?

    Talvez algo que voe.

  • 21

    Onde você mais gostaria de morar?

    O Brasil quando conseguir se livrar da herança escravagista, elitista, racista, autoritária e violenta, pode se tornar um bom lugar para se viver.

  • 22

    Qual é o seu pertence mais estimado?

    Não sou apegado e não coleciono objetos. Mas uma miniatura de ferro do mapa do Brasil sobrevive em cima da minha escrivaninha. Ganhei em uma dessas feiras de tecnologia nos anos 70. Lembro do raio laser cortando a chapa de ferro e meu pai me explicando como se dava aquele milagre.

  • 23

    O que você considera o nível mais baixo da desgraça?

    A desigualdade econômica/social brasileira e o genocídio da população negra e indígena no Brasil em pleno 2021.

  • 24

    Qual sua ocupação favorita?

    Trabalhar.

  • 25

    Qual sua característica mais marcante?

    Fazer.

  • 26

    O que você mais valoriza em seus amigos?

    Respeito.

  • 27

    Quais os seus escritores favoritos?

    Machado de Assis e, hoje, a literatura contemporânea brasileira que vem das periferias. Tem potência e estilo.

  • 28

    Quem é seu herói na ficção?

    João Grilo, de "O Auto da Compadecida".

  • 29

    Com qual figura histórica você mais se identifica?

    Não tenho essa presunção.

  • 30

    Quem são seus heróis na vida real?

    A população negra e indígena no Brasil que enfrenta diariamente o racismo, a violência e a desigualdade. No plano mítico, meu herói é o Pelé.

  • 31

    Quais são seus nomes favoritos?

    Arara, Ipanema, pipoca, Maracanã, capim são nomes de lugares, coisas e animais em tupi-guarani cuja sonoridade acho linda.

  • 32

    O que você mais detesta?

    Autoritarismo em qualquer nível.

  • 33

    Qual seu grande arrependimento?

    O arrependimento é uma armadilha para os perfeccionistas. Na maioria das vezes serve para o autoflagelo e nada mais.

  • 34

    Como gostaria de morrer?

    Lúcido.

  • 35

    Qual é o seu lema?

    Não tenho e não sabia que precisava ter um.