Carolina Ferraz -- Questionário Proust — Gama Revista
Questionário Proust

Carolina Ferraz

Atriz e apresentadora

18 de Dezembro de 2021

Com 35 anos de carreira, tem pouca coisa que a atriz de 53 anos, hoje apresentadora do “Domingo Espetacular”, na Record, ainda não fez. Mas diferente do meme “Eu sou rica”, ela não se acomodou e, nos últimos anos, vem se dedicando também à cozinha e ao empreendedorismo. Ao lado da filha, Valentina Cohen, lançou a linha de artigos de casa e lifestyle “Cimples by Carolina Ferraz”

*Preferiu não responder

  • 1

    Qual é sua ideia de felicidade perfeita?

    Um belo e bom romance da Rosamunde Pilcher naqueles verões onde o sol está suave, a brisa é quente, a luz é translúcida e as conchas estão espalhadas pela areia. Alguma coisa bem idílica assim, como um romance.

  • 2

    Qual é o seu maior medo?

    Perder minha criatividade.

  • 3

    Que característica mais detesta em você?

    A gula, eu sou super gulosa (risos).

  • 4

    Que característica mais detesta nos outros?

    Inveja. Também detesto pessoas ansiosas, que não sabem ouvir o próximo.

  • 5

    Que pessoa viva você mais admira?

    Minha filha, Valentina.

  • 6

    Qual é a sua maior extravagância?

    Foi ter alugado um helicóptero, subido até o alto da Pedra da Gávea e ficado ali assistindo ao pôr do sol tomando uma champagne e me divertindo em ótima companhia. Depois acabou, o helicóptero desceu e a vida seguiu normal.

  • 7

    Qual é o seu estado mental atual?

    Oscilante, que vai da positividade a uma certa desesperança e desassossego, mas eu acabo estacionando na perseverança.

  • 8

    Que virtude considera superestimada?

    Eu não sei qual virtude eu considero superestimada... Mas talvez, de um modo geral, o excesso do uso da palavra empoderamento. É uma virtude importante, mas que também pode ser superestimada.

  • 9

    Em que ocasião você mente?

    Quando às vezes tenho que desmarcar uma consulta médica, porque normalmente eu me esqueço das minhas consultas. Geralmente, digo que fiquei presa no trânsito, tive um compromisso com a minha filha pequena, invento essas desculpas bem esfarrapadas (risos).

  • 10

    O que menos gosta sobre sua aparência?

    Eu sou uma pessoa em acordo com a minha aparência, mas se eu pudesse mudar alguma coisa acho que um clareamento nos dentes. Com o passar dos anos e a quantidade de café, meus dentes foram ficando um pouco mais escurecidos.

  • 11

    Que pessoa viva você mais despreza?

    *

  • 12

    Que qualidade mais admira em um homem?

    A qualidade que eu mais admiro em um homem é a generosidade. Homem tem que ser generoso, companheiro... Quando ele é generoso, ele é todo o resto.

  • 13

    Que qualidade mais admira em uma mulher?

    A segurança. Eu adoro olhar uma mulher e perceber que ela transmite segurança e conforto na própria pele, isso é impagável.

  • 14

    De que palavras ou frases você abusa?

    Eu tenho uma máxima: “A merda é que as pessoas são exatamente o que a gente espera delas, elas nunca nos surpreendem”. E outra é: “Não tem como fazer omelete sem quebrar ovos”, então se a solução é trabalhar, vamos lá colocar a mão na massa.

  • 15

    O que ou quem é o maior amor da sua vida?

    Eu acho que o maior amor da minha vida são as minhas amizades. Inclusive eu não acredito que exista amizade sem amor, embora possa haver amor sem amizade, mas quando ele é um amor mesmo, de verdade, ele é amigo.

  • 16

    Quando e onde você foi mais feliz na vida?

    São segundos, às vezes, ou minutos, né? Houve um dia, quando eu morava no Rio de Janeiro, estava saindo de casa para ir trabalhar e era um daqueles momentos entre novembro e março, que tem uma luz abençoada. Era muito cedo e o dia estava nascendo com céu dourado. Estava tudo certo, sabe? Eu estava muito feliz, minha filha saudável, minha casa gostosa, tinha o trabalho que eu amo... Esse dia sem dúvida foi um momento de felicidade profunda.

  • 17

    Que talento você mais gostaria de ter?

    Gostaria de saber cantar, amo cantar e canto tão mal. Adoraria cantar melhor!

  • 18

    Se você pudesse mudar uma coisa sobre você, o que seria?

    Eu gostaria de ter tido aos 30 a cabeça e o preparo emocional que eu tenho hoje aos 50.

  • 19

    O que considera sua maior conquista?

    A minha capacidade de me reinventar, de me readaptar e me recriar.

  • 20

    Se você morresse e voltasse como uma coisa ou uma pessoa, o que você gostaria de ser?

    Eu acho que eu voltaria como uma estrela do mar!

  • 21

    Onde você mais gostaria de morar?

    Em vários lugares! Poderia morar um ano em Bali, um tempo no Vietnã, depois, sem dúvida, também moraria um tempo na Itália, ali na Toscana. Mas eu amo o Sul aqui da América Latina, acho o Uruguai um país lindo e sem dúvida também passaria um tempo morando ali. Mas de uma coisa eu tenho certeza: não moraria mais em uma outra grande cidade, só para visitar. Vontade de ir para Paris eu tenho, mas para passar 10 dias.

  • 22

    Qual é o seu pertence mais estimado?

    Minha casa, minhas louças, minhas roupas... São coisas pequenas normalmente que me trazem um apreço especial ao coração. Tem um cinzeiro, um certo sapato que eu adoro, um jogo de louças que me lembro a dificuldade que foi transportá-lo até a minha casa.

  • 23

    O que você considera o nível mais baixo da desgraça?

    É a intolerância, a traição, o desengano, a falta de democracia. São tantas coisas que são absolutamente preocupantes, né? Viver sem essas coisas é uma desgraça.

  • 24

    Qual sua ocupação favorita?

    Cozinhar e inventar moda. Adoro ficar inventando, criando e articulando ideias.

  • 25

    Qual sua característica mais marcante?

    A resiliência e o bom humor.

  • 26

    O que você mais valoriza em seus amigos?

    A lealdade! Eu sou muito leal aos meus amigos e graças a Deus eles também são muito leais a mim.

  • 27

    Quais os seus escritores favoritos?

    Gabriel García Márquez, Guimaraes Rosa, Patricia Melo e Rosamuld Pilcher.

  • 28

    Quem é seu herói na ficção?

    Estou sem heróis, tanto na ficção, quanto na vida real. Tá difícil!

  • 29

    Com qual figura histórica você mais se identifica?

    Não consigo escolher apenas uma.

  • 30

    Quem são seus heróis na vida real?

    Ando sem heróis no momento.

  • 31

    Quais são seus nomes favoritos?

    *

  • 32

    O que você mais detesta?

    Detestar é difícil hoje em dia, já estou bastante amadurecida para realmente detestar algo assim, com profundidade. Tem só algumas coisas que eu não gosto.

  • 33

    Qual seu grande arrependimento?

    Eu acho que eu não tenho um maior arrependimento. Eu tô aqui, cheguei aqui e sou resultado de tudo que a vida fez de mim. Eu tô bem!

  • 34

    Como gostaria de morrer?

    Em casa, dormindo, sem a menor consciência de que aquele seria meu último minuto.

  • 35

    Qual é o seu lema?

    A vida segue e nós seguimos com ela.