Objeto de Análise -- Cropped — Gama Revista
Reprodução

Cropped

Símbolo de liberdade com o corpo que transcende gênero, esta peça de roupa é uma boa opção para se exercitar ou compor um look descolado

Andressa Algave 14 de Dezembro de 2021
  • o que é

    Uma peça de roupa em tecidos variados, semelhante a uma blusa justa ou folgada, mas curta o suficiente para não cobrir a barriga. A cropped, ou crop top, cujo nome significa literalmente “recortada” em inglês, se tornou um hit do streetwear e, no caso brasileiro, também da moda de verão, sem se limitar ao gênero de quem usa. Com suas variações, a vestimenta é um ícone dos anos 1990 e 2000, quando foi popularizada por estrelas do pop como Britney Spears, Christina Aguilera e Mariah Carey. Seja como parte de um look mais ousado ou despretensioso, a cropped inspira autoconfiança e é um item versátil: pode ser encontrada em versões sem mangas, com mangas curtas ou longas.

  • quem fez

    Difícil creditar a um único criador o ato de cortar a parte de cima da roupa, deixando a barriga à mostra. A egípcia Badia Masabni, nascida em 1892 e considerada criadora da dança do ventre moderna, criou uma peça muito semelhante à cropped, que faz parte do conjunto de saia e blusa utilizado pelas dançarinas. Já a designer francesa Madeleine Vionnet lançou, em 1932, vestidos com cortes estratégicos para exibir a barriga. Entre homens, a tendência foi influenciada de forma inusitada: nos anos 1970, fisiculturistas cortavam as camisetas para burlar os códigos de vestimenta das academias, que impediam que se exercitassem sem camisa. O movimento pegou e fez parte da moda masculina também entre os punks — Tommy Ramone (1949-2014), baterista da lendária banda britânica Ramones, era um dos entusiastas da peça.

  • por que é tão desejado

    De amantes do esporte que querem exibir seus abdômens definidos a quem só quer uma peça confortável para um dia quente, as cropped viraram símbolo de liberdade com o próprio corpo. O crop top também é hoje aliado da positividade corporal e até estrela dos tapetes vermelhos: o rapper Lil Nas X vestiu jaquetas cropped para a festa do Grammy 2020 e do AMA 2019, e a atriz Zendaya atraiu muita atenção com um modelo futurista e metálico no Critics Choice Awards de 2020. As possibilidades são infinitas e para os adeptos do Do It Yourself, existem inúmeros tutoriais online para a produção da peça com blusas antigas, pedaços soltos de tecido ou feitos em crochê ou tricô.

  • vale?

    Se você não é uma pessoa inibida de enfrentar o verão mostrando um pouco mais de pele ou quer dar um uso descolado para uma peça antiga, vale. Comprar uma cropped não é uma regra: é possível usar só criatividade e tesoura. Mas as peças novas também podem ser acessíveis — dependendo, claro, se você quer algo mais simples ou de grifes famosas — e muito versáteis: estão disponíveis nos tecidos mais variados, seja algodão, renda ou couro. Não é uma boa opção para quem não se sente confortável com um look ousado ou para ocasiões mais formais, mas pode ser uma peça bem coringa se combinada com outras.

  • onde comprar

    Nas grades redes de moda e vestimentas esportivas. Modelos mais simples em algodão podem ser encontrados a partir de R$ 29 em varejistas como a C&A. Já uma versão de couro sintético sai por até R$ 89, e os modelos de grifes famosas como Dolce & Gabbana chegam a custar R$ 2.300.

Quer mais dicas como essas no seu email?

Inscreva-se nas nossas newsletters

  • Todas as newsletters
  • Semana
  • A mais lida
  • Nossas escolhas
  • Achamos que vale
  • Life hacks
  • Obrigada pelo interesse!

    Encaminhamos um e-mail de confirmação