Gama Revista — Reportagens, entrevistas e colunas de opinião

Que cê tá ouvindo?

A música tem o poder de unir, de regular o humor e, na pandemia, foi o remédio de muita gente. Gama liga o som e vai atrás de pesquisadores, produtores e artistas para investigar por que ela nos afeta e como tem se transformado nos últimos anos

Ver edição

Que cê tá ouvindo?

LER EDIÇÃO

É tempo de renovar

LER EDIÇÃO

Qual é a verdade?

LER EDIÇÃO

Dá pra salvar a Amazônia?

LER EDIÇÃO

AS SEMANAS

Um assunto a cada sete dias

Que cê tá ouvindo?

LER EDIÇÃO

É tempo de renovar

LER EDIÇÃO

Qual é a verdade?

LER EDIÇÃO

Dá pra salvar a Amazônia?

LER EDIÇÃO

O que é descartável?

LER EDIÇÃO

O que você lembra?

LER EDIÇÃO

Quem te influencia?

LER EDIÇÃO

Você tá bem?

LER EDIÇÃO

De quem é a causa indígena?

LER EDIÇÃO
  • Assistir |
    Rap que fala sobre genocídio indígena

    Criolo, Vincent Carelli e Sonia Guajajara são algumas das personalidades que participam do documentário musical "Meu Sangue É Vermelho", uma produção do rapper Owerá, indígena Guarani M’bya, em parceria com a produtora britânica Needs Must Film. O longa, que recebeu 17 prêmios ao redor do globo, acompanha Owerá em uma peregrinação pelas comunidades do Mato Grosso do Sul e Maranhão na tentativa de explicitar, por meio do rap, a realidade de indígenas brasileiros. O lançamento será na sexta (24), no Vimeo. (Manuela Stelzer)

  • Ir |
    Uma mostra sobre Carolina Maria de Jesus

    Organizada pelo Instituto Moreira Salles (IMS) paulista, a mostra "Carolina Maria de Jesus: um Brasil para os brasileiros" se dedica a celebrar a vida e a contribuição literária da catadora de papel e autora do clássico Quarto de Despejo (Francisco Alves, 1960), que narra sua rotina nas comunidades pobres de São Paulo. Além da escrita, o evento foca nas atividades de Carolina como compositora, cantora, e artista de circo. Com abertura no sábado (25), vai até o dia 1º de janeiro. (Andressa Algave)

  • Ouvir |
    Um podcast para tentar dar conta do noticiário

    “Quem lê tanta notícia?”, perguntou Caetano na letra de “Alegria, Alegria” (1967), numa época em que não havia redes sociais, pushes, newsletters nem podcasts de notícias. Mas é para tentar destrinchar tanta informação que a escritora Tati Bernardi, a psicanalista Vera Iaconelli e o advogado Thiago Amparo se reúnem no novo programa original do Spotify. No primeiro episódio, já no ar, eles vão do discurso de Bolsonaro na ONU ao “stealthing”, ou a tentativa de criminalizar o ato de tirar a camisinha durante a relação sexual na Califórnia. (Amauri Arrais)

  • Ir |
    Vida e obra de Paulo Freire no Itaú Cultural

    Reverenciado mundo afora, o filósofo, escritor e educador pernambucano (1921-1997) teria feito 100 anos em 19 de setembro. Entre uma das muitas homenagens feitas a ele neste momento, a “Ocupação Paulo Freire”, no Itaú Cultural, em São Paulo, revisita seu legado em cerca de 140 itens, entre documentos, fotos, cartas, vídeos e peças originais. Está lá, por exemplo, uma projeção com as páginas manuscritas de “Pedagogia do Oprimido”, um de seus livros mais conhecidos. O site traz alguns materiais adicionais. (Betina Neves)

  • Assistir |
    Debates internacionais com autores da Ubu

    De 27/9 a 1º/10, a editora comemora seus cinco anos com conversas entre nomes como Christian Dunker (foto), Deivison Faustino, Djamila Ribeiro, Elsa Dorlin, Françoise Vergès, Franco Berardi, Giselle Beiguelman, Manuela Carneiro da Cunha e Vladimir Safatle. Os debates acontecem sempre das 17h às 19h, no canal do YouTube da editora. As inscrições são gratuitas, devem ser feitas no site, e dão direito a um ebook com textos dos participantes. (Isabelle Moreira Lima)