Tati Bernardi responde - Questionário Proust — Gama Revista
Questionário Proust

Tati Bernardi

Escritora e roteirista

27 de Fevereiro de 2021

É também podcaster, apresentadora de “Calcinha Larga” e “Meu Inconsciente Coletivo”, e autora de best-sellers como “Depois a Louca sou Eu” (Companhia das Letras, 2016), cuja adaptação acaba de estrear no cinema

  • 1

    Qual é sua ideia de felicidade perfeita?

    A casa toda arrumada, vazia e em silêncio. Eu sem dor nenhuma lendo um livro muito bom.

  • 2

    Qual é o seu maior medo?

    Hoje em dia que algo ruim aconteça à minha filha. Antigamente era que algo ruim acontecesse à minha mãe. Tenho muito medo de vomitar também.

  • 3

    Que característica mais detesta em você?

    Eu falo mal (por isso escrevo) e mesmo assim eu não deixo ninguém falar.

  • 4

    Que característica mais detesta nos outros?

    Gente que não me deixa falar (ou fala alto, o que dá no mesmo).

  • 5

    Que pessoa viva você mais admira?

    Olha, era o Lula e o Woody Allen. Mas eu não sei de mais nada. Hoje em dia eu estou com o meu coração vago para as pessoas vivas.

  • 6

    Qual é a sua maior extravagância?

    Hotel 5 estrelas. Sou doida por eles. Obsessiva.

  • 7

    Qual é o seu estado mental atual?

    Tratando meu cérebro hiperexcitado por pensamentos (palavras do neurologista) pra ver se tenho menos enxaqueca.

  • 8

    Que virtude considera superestimada?

    Ter doutorado.

  • 9

    Em que ocasião você mente?

    Em todas. Tudo o que eu conto tem sempre muito exagero.

  • 10

    O que menos gosta sobre sua aparência?

    Meus braços de mamma italiana, desde que fiz 40 anos eles aumentaram de diâmetro e agora têm celulites.

  • 11

    Que pessoa viva você mais despreza?

    Mil vezes Bolsonaro.

  • 12

    Que qualidade mais admira em um homem?

    Quando eles me deixam ser escritora sem ficar perguntando se vou escrever sobre eles.

  • 13

    Que qualidade mais admira em uma mulher?

    Rir de si mesma. Amo mulher que abre mão desse lugar de "gatinha misteriosa" pra ser apenas um ser humano gente fina.

  • 14

    De que palavras ou frases você abusa?

    Falo pra minha filha "eu te amo" tantas vezes por dia que ela responde "chega, mamãe". E acho que, infelizmente, "tô com dor" é a frase que eu mais falo há uns dez anos.

  • 15

    O que ou quem é o maior amor da sua vida?

    Mil vezes Rita, minha filha.

  • 16

    Quando e onde você foi mais feliz na vida?

    Sábado passado eu fui ao Masp com meu marido e minha filha e, de repente, estávamos andando os três de mãos dadas e Ritinha disse "esse lugar parece que estou em uma festa".

  • 17

    Que talento você mais gostaria de ter?

    Queria ser menos mental e um tantinho mais "corpo". Saber dançar ou nadar direito.

  • 18

    Se você pudesse mudar uma coisa sobre você, o que seria?

    Perdão feministas, eu mudaria a minha bunda.

  • 19

    O que considera sua maior conquista?

    Minha mãe disse que eu não ganharia dinheiro como escritora. Bem, eu ganho.

  • 20

    Se você morresse e voltasse como uma coisa ou uma pessoa, o que você gostaria de ser?

    Eu queria ser um aeroporto pra me tornar o meu maior inimigo e ver como é.

  • 21

    Onde você mais gostaria de morar?

    Um tempo em NY e um tempo na praia do Espelho.

  • 22

    Qual é o seu pertence mais estimado?

    Eu tenho um colchão Tempur que é tão foda, mas tão foda, que inviabilizou dormir em qualquer outro lugar.

  • 23

    O que você considera o nível mais baixo da desgraça?

    Golpe militar.

  • 24

    Qual sua ocupação favorita?

    Fazer shiatsu.

  • 25

    Qual sua característica mais marcante?

    Eu desmarco tudo.

  • 26

    O que você mais valoriza em seus amigos?

    Eles me acalmarem.

  • 27

    Quais os seus escritores favoritos?

    Freud, Hermann Hesse, Vivian Gornick, Bill Clegg, Edouard Louis, Pedro Mairal.

  • 28

    Quem é seu herói na ficção?

    Dr. House.

  • 29

    Com qual figura histórica você mais se identifica?

    Eu adoro que o Henrique VIII inventou uma religião só pra comer gente.

  • 30

    Quem são seus heróis na vida real?

    Penso nos médicos na linha de frente contra a covid-19 e no padre Júlio Lancellotti.

  • 31

    Quais são seus nomes favoritos?

    Ruth, Rita, Pedro, Xica.

  • 32

    O que você mais detesta?

    Eu detesto papo de gente sem subjetividade.

  • 33

    Qual seu grande arrependimento?

    Ter feito faculdade de marketing. Tanta coisa boa pra estudar.

  • 34

    Como gostaria de morrer?

    Quando eu estava grávida de 9 meses eu simplesmente não aguentava mais. Era tanto saco cheio que eu nem lembrei de ficar com medo. Eu queria morrer bem velha e já com bastante vontade de que isso acabasse.

  • 35

    Qual é o seu lema?

    Quem nasce pobre odeia quem tira ano sabático.

É também podcaster, apresentadora de “Calcinha Larga” e “Meu Inconsciente Coletivo”, e autora de best-sellers como “Depois a Louca sou Eu” (Companhia das Letras, 2016), cuja adaptação acaba de estrear no cinema

Quer mais dicas como essas no seu email?

Inscreva-se nas nossas newsletters

  • Todas as newsletters
  • Semana
  • A mais lida
  • Nossas escolhas
  • Achamos que vale
  • Life hacks
  • Obrigada pelo interesse!

    Encaminhamos um e-mail de confirmação