Gama Revista — Reportagens, entrevistas e colunas de opinião

Tá rindo de quê?

Melhor que não seja do oprimido, afinal esse humor ficou datado faz tempo. Fábio Porchat, Livia La Gatto, Pequena Lô, João Pimenta e grande elenco nos mostram que agora é hora de rir para resistir, vencer o opressor e ver graça na vida

Ver edição

Tá rindo de quê?

LER EDIÇÃO

Saudade de viajar?

LER EDIÇÃO

Qual a sua natureza?

LER EDIÇÃO

Tá com pressa?

LER EDIÇÃO

AS SEMANAS

Um assunto a cada sete dias

Tá rindo de quê?

LER EDIÇÃO

Saudade de viajar?

LER EDIÇÃO

Qual a sua natureza?

LER EDIÇÃO

Tá com pressa?

LER EDIÇÃO

Onde você trabalha?

LER EDIÇÃO

O que você disse?

LER EDIÇÃO

NFT o quê?

LER EDIÇÃO

Solteiro, casado ou outra coisa?

LER EDIÇÃO

Seu lixo aumentou?

LER EDIÇÃO
  • Ir |
    Museu da Língua Portuguesa reabre em São Paulo

    O museu, que já recebeu mais de 4 milhões de visitantes, reabre ao público a partir deste sábado (31), após o incêndio que destruiu parte do prédio em 2015. Boa parte do acervo permanente foi preservado e atualizado, com suas instalações interativas em que o visitante é parte da exposição. Entre as novidades, há um terraço com vista para o Jardim da Luz e a torre do relógio. O espaço, que homenageia o arquiteto Paulo Mendes da Rocha, também terá um café. Os ingressos, com dia e hora marcados, estão à venda apenas no site. (Amauri Arrais)

  • Ouvir |
    “Drama”, o novo álbum de Rodrigo Amarante

    Depois de oito anos, Amarante retoma a carreira solo com novo álbum, que começou a ser gravado antes da pandemia e foi finalizado em estúdio caseiro em Los Angeles, nos EUA, onde ele mora. Fãs de Los Hermanos devem curtir canções como “Maré” e “Eu Com Você”, enquanto faixas como “Tara” e “Tanto” mostram o ótimo lado experimental dessa fase do artista. Surpreendem também a existencial “Um Milhão” e “Drama”, que abre o disco, faixa curta com uma orquestra de cordas e risadas ao fundo. (Betina Neves)

  • Assistir |
    “Generation” encara as contradições da adolescência

    Um momento de dúvidas e descobertas, no limiar entre suas maiores vontades e aquilo que seus pais, professores e a sociedade esperam de você. Essa realidade repleta de contradições que marca a adolescência é o foco de “Generation”, série de drama que acaba de estrear no Brasil pelo HBO Max. A história acompanha um grupo de estudantes de ensino médio e explora sua sexualidade bastante diversa em meio a uma comunidade adulta ainda conservadora. (Leonardo Neiva)

  • Ir |
    Pode a arte dizer não?

    Em uma tentativa de encontrar o lugar da arte em tempos de barbárie, o espaço independente de artes visuais Ateliê 397 inaugurou, no dia 22 de julho, a exposição "Dizer Não", aberta até meados de setembro na nova sede do estúdio, localizado no bairro da Barra Funda, em São Paulo. Reunindo artistas como Cildo Meireles, Juçara Marçal e Clara Ianni, a mostra reflete sobre o papel da arte em meio à lutas políticas, reivindicações sociais e pandemia, em um momento em que sua própria sobrevivência está em risco. (Manuela Stelzer)

  • Ler |
    A obra de Salinger em uma caixa

    A Todavia acaba de embalar numa caixa quatro títulos do escritor norte-americano J.D. Salinger (1919-2010), tido como um dos que melhor traduziu o clima do pós-guerra, além de ser criador de personagens incríveis. “O apanhador no campo de centeio”, “Nove histórias”, “Franny & Zooey” e “Erguei bem alto a viga carpinteiros & Seymour: uma introdução” foram traduzidos por Caetano W. Galindo, e o lançamento inclui um ciclo de debates. (Isabelle Moreira Lima)